Alimentação Natural no Combate a Artrite em Cães

(Last Updated On: 8 de agosto de 2018)
Artrite em cães
Evolução da artrite

A Artrite em Cães Pode ser Aliviada com Dieta Natural e Caseira

A artrite em cães, também chamada osteoartrite, está associada a doença articular degenerativa e é um problema que pode afetar a maioria dos cães, particularmente os cães grandes que são predispostos a displasia coxofemoral.

Mesmo aqueles sem uma predisposição genética, muitos cães irão desenvolver doença articular pelas mesmas razões que nós seres humanos.

Muitas vezes estes cães estão com sobrepeso e os microtraumas articulares associados a esse peso extra tem seu o preço a longo prazo.

Um fator importante para o tratamento de cães com artrite é manter seu peso corporal dentro da faixa ideal, e a alimentação natural é um mais importante aliado para conseguirmos este

A maioria dos cães nos dias de hoje, estão acima do peso devido a hábitos alimentares inadequados e por falta de exercício.

Estudos sobre longevidade em animais concluem que a manutenção do peso corporal associada a uma alimentação natural está associada com melhor saúde geral e aumento da resistência a doenças, incluindo artrite e câncer.

Em cães com raça ou predisposição familiar para o desenvolvimento da doença articular, a prática de exercícios regulares e boa nutrição podem retardar ou impedir o seu desenvolvimento.

radiografias demonstrando artrite em cães
Osteoartrite e doença articular degenerativa: joelho (esquerda), cotovelo (meio) e anca (direita)

Uma vez que o cão já desenvolveu a doença os mesmos princípios podem ser utilizados para tratar e controlar o processo de deterioração das articulações. Isto envolve a utilização de antioxidantes, compostos anti-inflamatórios naturais e agentes condroprotetores.

A medicina ocidental possui poderosos medicamentos esteroides que podem reduzir a inflamação, mas estas drogas possuem muitos efeitos prejudiciais para uso a longo prazo. Além disso, os esteroides podem reduzir a síntese de colágeno, o que atrasa a cura.

Anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs)

As drogas anti-inflamatórias não esteroidais (AINEs) ajudam a reduzir a inflamação, controlando a produção de prostaglandina e reduzindo o desconforto através de suas propriedades analgésicas.

Por outro lado, os AINEs, aumentam a secreção de ácido do estômago diminuindo as barreiras de proteção da mucosa, levando a problemas gastrintestinais.

alimentação natural ainesEmbora novos medicamentos com menos efeitos colaterais secundários gastrointestinais estejam sendo desenvolvidos, existem poucos dados disponíveis que mostrem que os AINEs efetivamente retardem o aparecimento ou a progressão da doença articular.

Os AINEs parecem ser mais úteis na redução do desconforto e da dor nas articulações. Muitos produtos à base de plantas têm propriedades anti-inflamatórias semelhantes aos AINEs e não causam a mesma irritação que eles, tornando-os produtos ideais no tratamento.

Na verdade, nenhuma droga condroprotetora pode ser mais eficaz do que a suplementação dietética (onde podemos encontrar vários compostos e micronutrientes que promovem condroproteção).

Todos os cães podem de vez em quando sofrer lesões articulares agudas (estiramento ou rupturas parciais de ligamentos e torções). Estas condições são muito diferentes de uma doença articular crônica.

Embora a alimentação natural e suplementos possam ajudar esses animais com lesões agudas e acelerar a recuperação dos ferimentos, nada impede que lesões nas articulações aconteçam, nesse caso os passeios devem ser evitados.

O uso de compressas frias podem ajudar a minimizar o inchaço e reduzir a dor e inflamação (o que não acontece na dor crônica).

Cartilagem na Alimentação Natural

Estudos recentes têm sugerido que os glicosaminoglicanos e o sulfato de condroitina podem ajudar a reduzir a dor e a inflamação da osteoartrite, além de auxiliar no processo de cura.

Embora estes produtos estejam disponíveis nas lojas de produtos naturais ou em farmácias, você pode oferecer diretamente seus benefícios ao seu cão dando cartilagem cozida.

prato contendo cartilagem de frango
Cartilagem de peito de frango

Fontes de cartilagem incluem: asa de frango cozida e desossada ou carne de costela. Por que pagar por produtos de cartilagem se ele pode ser obtido gratuitamente na fonte alimentar.

Alguns cães podem se beneficiar com o complexo de sulfato de condroitina e glucosamina no controle da dor articular e estimular a cura. No entanto, a cartilagem dietética tem estes compostos juntamente com outros micronutrientes importantes.

Formas de complexo de sulfato de glucosamina e condroitina estão disponíveis em lojas de produtos naturais, estes podem ser mais baratos do que os produtos específicos para Pets.

Geralmente recomendo cerca de 1200 mg de glucosamina e 1500 mg de sulfato de condroitina diariamente para cães de grande porte, se outras formas de cartilagem não estiverem disponíveis.

Bromelina e Curcumina

alimentação natural bromelina
A bromelina está concentrada no “núcleo” do abacaxi.

Bromelina é um extrato de enzimas extraídas do abacaxi que tem a propriedade de diminuir a circulação de complexos autoimunes reduzindo a inflamação e aliviando os sintomas da osteoartrite.

Ela reduz o inchaço nas articulações auxiliando no alívio imediato da dor e evitando outras complicações que podem ocorrer quando as juntas permanecem inflamadas por um longo período de tempo.

A bromelina pode ser um importante fator para ajudar a controlar a progressão da doença articular degenerativa.

alimentacao-natural-curcuminaA curcumina (o pigmento amarelo do açafrão-da-índia e o componente mais ativo desta planta) é um conhecido agente anti-inflamatório muito potente.

A bromelina e curcumina tem efeito sinérgico aumentando sua potência. Portanto, elas devem ser administrados em conjunto.

Este composto pode ser encontrado em cápsulas em lojas de produtos naturais ou ser manipulado em farmácias. Para cães com doença articular degenerativa pode ser administrado 400-500 mg de bromelina com 400-500 mg de curcumina duas vezes por dia (consulte seu veterinário para as doses adequadas ao seu cão).

É possível substituir a apresentação em cápsula adicionando 1 a 2 colheres de sopa de açafrão e 1 a 2 colheres de chá de mostarda em pó amarela nas refeições.

Alimentos Ricos em Vitamina C

alimentação natural vitamina cFrutas fornecem uma variedade de vitaminas, minerais e antioxidantes. A vitamina C é antioxidante e é encontrada em frutas coloridas, auxiliam na cura dos tecidos conjuntivos e reduzem a inflamação associada com lesões e fortalecem o sistema imunológico de acordo com a Univertsity of Maryland Medical Center.

Frutas particularmente ricos em vitamina C incluem laranjas, toranjas, morangos, kiwi, cerejas, goiaba, manga e mamão.

Legumes também fornecem quantidades ricas de nutrientes protetores, incluindo a vitamina C. Pimentões vermelhos contêm mais vitamina C por porção do que frutas cítricas.

Valiosas fontes adicionais incluem tomates, espinafre, brócolis, couve de Bruxelas e pimentão verde. Legumes menos coloridos, como repolho, couve-flor e batata – com a casca – fornecem pequenas quantidades de vitamina C.

Gelatina na Alimentação

alimentação natural gelatina
Gelatina caseira

Muitos desconhecem a importância da gelatina como um suplemento para o tratamento da artrite em cães, bem como nos cachorros com epilepsia ou outros problemas articulares.  Quanto mais cedo você adicionar a gelatina na alimentação natural do seu cão melhor será a possibilidade de prevenir a artrite.

Minha cadela Sol acaba de completar 13 anos de idade e pesa 16 kg. Em seu último RX, fiquei muito satisfeita em não encontrar vestígios de desgaste ósseo ou artrite. Sol, come gelatina em todas as suas refeições desde que era um filhote.

A gelatina que um carnívoro normalmente recebe vem das peles, tendões e cartilagens de suas presas e tem ações anti-inflamatórias e neuroprotetora, que são extremamente importantes para um envelhecimento saudável.

A glicina, o principal aminoácido na gelatina, protege contra convulsões e danos cerebrais.

Em um animal adulto, a gelatina pode fazer parte de até metade da ingestão da proteína de sua alimentação natural, porém, duas colheres de chá por dia é o suficiente para manter saudável um cão de 20 a 35 kg.

Para cada meio quilo de carne, uma colher de sopa de gelatina pode ajudar a diminuir os ataques (convulsões). Este é um suplemento muito importante para cães epiléticos e vários estudos mostram como a gelatina pode reduzir as convulsões.

Além disso, a gelatina é livre de gordura e colesterol. Para garantir que seu cão coma uma quantidade de glicina necessária, você pode adicionar a gelatina à sua comida.

Você pode comprar gelatina sem sabor e polvilhá-la sobre a comida uma vez por dia.

NOTA: Por favor, utilize apenas gelatina sem sabor, não use as sobremesas à base de gelatina coloridas e com sabor.

DOSAGEM DE GELATINA (como suplemento usando duas vezes ao dia):
  • 4,5 a 12 kg use 1/2 colher de chá
  • 12 a 23 kg  use 1 colher de chá
  • 23 a 35 kg  use 2 colheres de chá
  • mais de 35 kg  use 1 colher de sopa

Abaixo está uma deliciosa receita de gelatina para seu cão se deliciar.

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de gelatina sem sabor
  • 1/2 xícara de caldo de carne (pode ser o caldo de qualquer carne que você preparou sem temperos)
  • 1 1/2 xícara de líquido fervendo (você pode usar água, mas gosto de usar parte do caldo)

Modo de Preparo:

Coloque 1/2 xícara de gelatina em uma tigela. Despeje 1/2 xícara de líquido frio e deixe descansar por um minuto para amolecer.

Adicione 1 e 1/2 xícara do líquido (água ou caldo) fervendo na gelatina amolecida, mexa até que toda a gelatina se dissolva completamente.

Despeje em uma travessa e deixe endurecer na geladeira. Corte em cubos no tamanho adequado para o seu cão.

Observação importante: Cães com alergia alimentar devem procurar seu veterinário para orientações.

O produto final é bastante elástico e saboroso, para um petisco mais consistente, você pode adicionar mais gelatina.

Seu cão vai amar essa delícia!

Alimentação Natural no Combate a Artrite em Cães
4.6 (91.43%) 21 votes
[wpdevart_facebook_comment/* Para remover esta mensagem, instale e configure o plugin Facebook Comments WordPress (https://wordpress.org/plugins/comments-from-facebook/) em "Plugins > Adicionar Novo" */]